Thursday, February 23, 2012

Kindle Direct Publishing - preparando o seu e-book para publicação na Amazon


As metas da amazon.com são humildes, vender todos os produtos possíveis no planeta.

Autoproclamada, e com razão, "a maior livraria do mundo", a amazon.com é mais do isto, é um site de compras online que tem redefinido as bases do comércio eletrônico e uma das maiores evidências do conceito de cauda-longa, no qual os produtos mais vendidos representam uma parcela pequena das vendas totais de todos os produtos, o que é pouco verificável em livrarias físicas, pelas óbvias limitações de espaço e catálogo, a escassez.

E a amazon.com está fazendo com os livros digitais o que o iTunes fez com o MP3, após o lançamento dos leitores de livros digitais Kindle, bastante populares nos EUA mas nem tanto no Brasil, e de um sistema próprio de lançamento de e-books, a empresa tem se estabelecido também como uma das gigantes do mercado editorial neste século XXI.

A estratégia tem sido agressiva, tentando convencer autores independentes e também best-sellers notórios a se juntarem ao catálogo exclusivo da amazon, e estamos vendo uma revolução sem precedentes no mercado, além de um assustador inchaço no número de publicações anuais.

Se você não quer ficar para trás deste processo e deseja ver sua obra disponível gratuitamente para venda na amazon.com, segue um passo a passo para publicação através da Kindle Direct Publishing (https://kdp.amazon.com/), que é o serviço de publicação independente da amazon.com.

Criando sua conta

Antes de tudo, você precisa criar sua conta no KDP, como chamaremos o Kindle Direct Publishing de agora em diante, informando seu endereço e as informações para o pagamento de direitos autorais.

As duas opções de pagamento existentes hoje são através de transferência eletrônica diretamente para sua conta bancária, ou envio de cheque para seu endereço. O envio de cheques pelos correios é comum nos EUA, mas pode parecer um pouco estranho para nós, e os valores são pagos em três moedas: dólar, euro ou libra esterlina, dependendo de por onde foram feitas as vendas, já que as vendas através amazon.com, da amazon.uk e das ramificações da europa continental são autônomas.
Obs: com a expansão da amazon.com para outros países, agora estão pagando em outras moedas também, como em reais. Para isto, é necessário ter conta corrente no Brasil para o pagamento dos royalties.

A vantagem da transferência é que os valores são pagos a cada 10 dólares acumulados, enquanto que em cheque apenas quando se atingir a quantia de 100 dólares, o que você descobrirá que não é nada fácil, como veremos mais adiante.

Formatando o seu livro para publicação

O formato recomendado para publicação de livro digital pela Kindle Direct Publishing é .DOC.

É muito simples realizar a formatação através do Word, sem se importar com tamanhos de margem, ou tamanho de fontes, mas é preciso seguir algumas recomendações para que tudo dê certo no final.
Itálicos e negritos são mantidos sem problemas, mas fontes especiais podem não ser convertidas corretamente. O ideal é escolher uma das fontes padrão, como Arial ou Times New Roman.

Tabulação

Não use o botão tab para indicar a primeira linha de novos parágrafos, mas sim a barra de tabulação na régua do Word.

Quebras de página

O Kindle só reconhecerá finais de capítulos se você incluir quebras de páginas no arquivo: control+enter, ou "inserir", "quebra" e "quebra de página".

Imagens

As imagens até aparecerão no Kindle, mas nada de um layout muito sofisticado. Inclua suas imagens no corpo do texto e elas aparecerão centralizadas no arquivo convertido.

Outros elementos

É possível incluir tabelas ou um sumário interativo no arquivo, mas se esta é a sua primeira experiência publicando e-books por conta, sugiro que mantenha tudo o mais simples possível.

Criando um projeto para o Kindle

Para criar o seu projeto, você precisa clicar no botão "Adicionar nova obra".

Logo de cara, você terá a opção de cadastrar sua obra no KDP Select, um sistema de exclusividade da amazon.com, ou seja, você não poderá comercializar seu livro em nenhum outro site ou livraria física pelo período de 90 dias, porém a obra terá mais visibilidade no site, o percentual dos direitos autorais serão maiores (70%, ao invés dos habituais 35%) e poderá ser emprestado pelos usuários do Kindle, ganhando por isto. Para muita gente, pode ser um negócio vantajoso.

Em "Nome do livro", você incluirá o título de seu livro e, se ele fizer parte de uma série, você selecionará a opção "este livro faz parte de uma série", onde você incluirá o nome da série, senão não mexerá nesta opção.

Em seguida, redija uma breve descrição do seu livro em "Descrição". Em "Colaboradores do livro", clique "adicionar colaboradores" e inclua o seu nome como autor.

Selecione o idioma em "Idioma" e, se a obra for de sua autoria, clique na opção "Esta não é uma obra de domínio público e eu tenho os direitos de publicação necessários." na seção "2. Confira seus direitos de publicação".

Na terceira seção, "Direcione seu livro aos clientes", você escolherá a categoria da obra para facilitar que os leitores encontrem o seu livro. Se a sua obra é um romance, você clicará em "adicionar categorias", em "Ficção", e escolha a subcategoria, se você estiver na dúvida em qual sua obra se enquadra, marque "Geral".

Na seção 4, você fará o upload da capa do seu livro, que deve ter sido preparada anteriormente por um designer, ou por você mesmo, caso saiba como fazê-la. Para adicioná-la, clique em "Procurar por imagem".

Por fim, você adicioná, na seção 5. "Envie o arquivo do seu livro", o arquivo do seu livro, que já deve estar formatado especialmente para o Kindle, portanto não pode ser um arquivo .PDF, o melhor mesmo, para um leigo, é um arquivo .DOC seguindo as especificações do KDP.

Depois que subir o arquivo, clique em "salvar e continuar", então o site fará uma conversão do arquivo para o formato do Kindle. Para conferir se está tudo certo, clique em "Visualização do livro", então abrirá uma janela com uma visualição exata de como será o seu livro no Kindle.

No passo 7, "Confira seus territórios de publicação", você escolherá se deseja que sua obra seja distribuída internacionalmente em "Direitos mundiais - todos os territórios", ou se apenas em países específicos através de "Territórios individuais - territórios selecionados".

Na seção 8, "Escolha seu royalty", é a hora de definir quanto você quer ganhar. Nos EUA, há um certo consenso entre os autores que o preço ideal de um romance em e-book é de 99 centavos de dólar. Se você concorda com este modelo, deseja distribuição internacional com o mesmo preço ou venderá apenas para o Brasil, terá de selecionar a opção 35% royalty, ou seja, você ganhará mais ou menos 35 centavos de dólar para cada compra, isto é, quase nada.

A opção de 70% royalty só vale em certos países (o Brasil não é um deles, a não ser que você tenha cadastrado seu livro no KDP Select) e o preço mínimo do livro deverá ser de U$ 2,99.

Na opção 9, "Empréstimo de livros do Kindle", você decide se quer participar do sistema de empréstimo da amazon.com, no qual compradores podem emprestar o seu livro para alguns usuários por tempo limitado. É uma maneira interessante para que outras pessoas possam conhecer o seu trabalho.

Por fim, marque o campo concordando com os termos e condições, "Termos and Condições", e conclua a publicação em "Salvar e Publicar".

Depois, você terá de aguardar por volta de 24 horas para o seu livro aparecer na amazon.com e 48 horas nas outras ramificações ao redor do mundo.
Você receberá o aviso por e-mail.

E depois?


E depois você divulga seu livro para os amigos e conhecidos. Se você não possui um grupo fiel de leitores, as probabilidades é que você venda poucos ou nenhum exemplar, ainda mais com as milhões de opções de livros disponíveis na amazon.com.

Agora começa a parte mais difícil de todas, vender o seu livro.

Eu fiz um teste com o meu romance "O Covil dos Inocentes", caso você queira conferir o resultado final.

E sucesso com o seu livro digital!

2 comments:

Ricardo Veríssimo said...

Excelente artigo. Como foi o retorno de vendas na Amazon? foi legal?

Anonymous said...

Gostei muito do artigo. Mas e como fazer para publicar com pseudônimo (o que tenho a escrever me valeria ameaças de morte, hehe) no Kindle?
Sucesso!
O Doutor.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.